sexta-feira, 15 de julho de 2011

Você acredita em quê?

Certa tarde seu pai se gabava sobre um relógio novo que havia ganho há alguns dias:
"-Meu relógio pode cronometrar, pode ficar em baixo d'água, ele brilha no escuro, ele ..."
"-Chega pai! Por acaso o seu relógio pode se transformar em alguma coisa hein?"
Neste momento para impressioná-lá e brincar um pouco ele disparou:
"-Pode , ele pode se transformar naquilo que eu quiser, ou no que eu mais precisar!"


...Bem a estória do relógio perdurou por dias! Já cansada das peripécias do "relógio de seu pai" a menina se voltou para sua mãe e disse:
"-A gente não acredita nisso né? Já sei como fazer ele parar." 
Foi até seu pai e disse sem tomar fôlego, errar as palavras ou perder o raciocínio- o que para uma criança de 5 anos é de se admirar.
-" Ô pai, a gente não acredita em todas essas coisas que o seu relógio faz, mas se você acredita tudo bem, pode continuar acreditando! Cada um acredita no que quiser..."
                ...                         ...                    ...                         ...                           
Se as pessoas pensassem que a liberdade de opinião, pensamento livre e crença fosse realmente arbitrário, com certeza o mundo teria muito menos conflitos...
As crianças acreditam, vamos respeitá-las e de fato aprender com elas.

Abraços,


Drikka.


P.S.: Ah! Aconteceu aqui em casa...

Nenhum comentário:

Citações ANUEA

translate here

Onde você está

quantos já nos visitaram...

Siga por e-mail

seja bem vindo!