sexta-feira, 27 de julho de 2012

Perfeição X Queda


Olá amigos,

Hoje estava na casa de uma vizinha ela tem 2 filhas e veio do Quênia, estranho como aqui eu conheci o que realmente é mistura de nacionalidades. Isso é muito bom pois semana passada me dei ao luxo de cozinhar canjica, que finalmente encontrei num mercado local afro-asiático.
Imagino que  o Brasil tenha sido assim no final do período de guerras mundias, pessoas de várias partes do mundo falando línguas diferentes. Aqui no Canadá é assim, ontem na fila de uma loja de roupas havia cerca de 20 pessoas, cada duas ou três falando uma língua diferente, até eu falo português com minha filha para que ela não esqueça, só a caixa falava um inglês de nativo!
Como ia dizendo hoje estava conversando com a vizinha e minha filha brincando na área comunitária, de repente ouvi um grito altíssimo, pensei que fosse uma filhas dela, quando vi era a minha filha, alguns arranhões pelo corpo nada que vários beijinhos, uma água com sabão para limpar e alguns band aids de princesas não dessem conta, mas ela gritava porque cair para ela é quase inaceitável. A tal vizinha não entendia porque ela chorava tanto, eu sim e disse:
-"Minha filha quase não cai."
-"Como assim ela quase não cai?"
Mais tarde ela veio em casa e disse para minha filha
-"É normal cair. Crianças caem."
Eu disse todo mundo cai, e tá tudo bem!
Mas para ela não é bem assim. Tudo que ela faz é quase calculado, quando começou a andar ela já tinha mais de um ano, de repente me disse "-Fica aí", e veio andando, assim simplesmente porque ela sabia que já havia praticado bastante a ponto de saber que não cairia mais.
Ela observa tudo, e quando acha que não vai falhar ela não arrisca, simplesmente faz.
Nas aulas de dança, de patinação artística, na escola, é interessante.
Eu sempre fui o contrário tenho infinitas marcas nas pernas de quando era criança, errava passos de dança, engessei ambos os tornozelos várias vezes.
Acho que arriscar faz bem, errar também, tira a necessidade de acertar sempre, isso é um peso, muita responsabilidade, mas por mais que tente falar delicadamente que ela pode errar e cair.

As pessoas são diferentes.

O que eu acredito é que embora venhamos a cair, o importante é aprender com a queda, levar como exemplo, procurar não repetir o ato.
Não precisamos de perfeição, precisamos de tolerância e compreensão, isso inicia dentro de nós mesmos.
Tenha em mente:

Esse momento é um momento cada vez melhor, faço o meu melhor, para mim e para quem estiver ao meu redor.

Cuidem-se, tenham um Dia Bom

Drikka.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Pessoas não são descartáveis

Olá amigos,

Problemas acontecem aqui em casa, ou em seus lares.
Muitas vezes queremos desaparecer. Por vezes não importa o quanto se tente consertar um engano ou erro.
Todos nos enganamos, vivemos no planeta terra e não no "paraíso", acredito que estamos aqui para aprender algo e quando não conseguimos ainda, erramos.
É inevitável, a única coisa que podemos fazer após reconhecer o erro, é dizer que sentimos muito -porque devemos nos sentir mal por termos feito alguém sentir-se triste ou até prejudicado.
Não podemos mudar o passado.
Nunca, jamais.
Podemos tomar atitudes ajustadas e corrigir o mais rápido possível o ocorrido, além disso, todo o resto está fora de nosso controle.
O que fazer quando a pessoa não quer nos ouvir?
Geralmente eu preciso falar com a pessoa, acredito em re-inicio, tentar outra vez, trocar de lugar sentir o que o outro sentiu e a partir daí resolver o problema de alguma forma.
Mas caso a outra parte não queira, o quê fazer?
Alguns dizem
-Esqueça a pessoa,
Mas as pessoas não são descartáveis.
Então o melhor é deixar claro ao menos a intenção de se retratar, e viver sua vida.
Seguir a diante.

Esquecer?
Jamais esquecerei ou deixarei de desejar o melhor para as pessoas que um dia de alguma forma partilharam minha vida.
Descobri  que o melhor caminho é a paciência.
Jamais deixarei em meu coração haverá espaço para desistir de desejar, no entanto respeitar as escolhas alheias é uma solução acertada.
Pessoas não são descartáveis.
Merecem atenção,
Merecem serem felizes,
Merecem boas vibrações,
Merecem ouvir desculpe, muito obrigada, por favor.
Por que se não fizermos isso, não seremos tão diferentes dos outros animais.
E, a evolução faz parte do que somos.

Tenham um Dia Bom,


Drikka.


terça-feira, 10 de julho de 2012

Amor depois do amor -parte final

Olá,

Sei que demorei para chegar a parte 2, talvez seja assim com o Amor.
 Demora para chegar a segunda fase, em que nos descontraímos e vivemos cada momento como se fosse único, não último, mas especial. E é.

Como tudo na vida, o Amor também muda.
Devemos ter em mente que o Amor não é um ser, o Amor existe porque nós existimos, quem ama é o Amador, e nós somos imperfeitos, imprevisíveis, inconstantes, variáveis, mutantes coisas assim.
Naturalmente.
Tudo influencia para que vamos tomando rumos diferentes na vida e com isso nossa maneira de amar passa por diferentes estágios.
Adquire novos formatos, toma outras direções, é neste momento que a maioria das pessoas desiste:
-Por medo do novo, insegurança, frustração.
Se interessar constantemente pela mesma pessoa é uma tarefa complexa, mas não é impossível se os motivos que os aproximaram forem genuínos.
Praticar altruísmo alternando-o com momentos de individualismo também é importante para ambos.
Não descarto com isso a possibilidade ilusão ou má interpretação de uma das partes no início e por isso ter acreditado que o ser amado fosse mudar com o tempo.
Infelizmente para esses o que tenho a dizer é que acredito piamente que ninguém muda pelo outro, as pessoas podem mudar quando acreditam que sua maneira de levar a vida poderia ser melhor, para si, não para o outro.
De qualquer maneira, vale a pena tentar, investir, aprender e seguir, juntos ou não, há muitas surpresas em se estar vivo, e algumas vezes um relacionamento ruim pode tirar do holofote um outro realmente produtivo, compensador e que vá definitivamente acrescentar algo em ambas as vidas.
É o que espero que encontrem.
Não deixem de
cultivar,
alimentar,
dialogar,
tentar resolver os problemas cotidianos ou não.

Somente quando baixamos nossas defesas abrimos espaço para o bom entrar.

Pensem nisso.

P.S.: segue link para oração para encontrar a alma gêmea postada um tempo atrás aqui neste blog.

Tenha o seu Dia Bom!

Drikka.

Citações ANUEA

translate here

Onde você está

quantos já nos visitaram...

Siga por e-mail

seja bem vindo!