quinta-feira, 19 de abril de 2012

Amor depois do Amor- parte I

Olá amigos,

Sei que é estranho, mas muitos de vocês podem estar pensando nisso. O que fazer depois de se ter certeza de que está com o "amor de sua vida"?
Vou dar dois exemplos falando sobre mim:
Quando namorava meu marido a primeira coisa que queria era saber se ele me amava como eu a ele. Depois de ter certeza, queria um compromisso mais sério, e demorou um ano até que ganhasse uma aliança de noivado. Com o noivo ja garantido, comecei a idealizar o casamento.
Após o casamento, me achava tão feliz que pensei que "algo" fosse acontecer, demorei um pouco para acreditar, que seriamos simplesmente feliz, que em minha vida agora haveria espaço para a felicidade. Talvez não acreditasse ser merecedora.

Isso tudo foi por demais estressante.
Sofri desnecessáriamente prevendo rompimentos, traições e tive ciúmes sem motivo, obviamente isso não foi uma constante, não perdi noites de sono, mas aquilo me incomodava.
Ele nunca soube.
Não serviu para nada. Só para me distrair de ser feliz tão e somente.
Nosso cérebro é muito estranho, e muitas vezes se pensamos que não merecemos o que temos podemos nos boicotar encontrando motivos para sermos eternamente incompreendidos, tristes e acabarmos realmente sozinhos.

Depois que se encontra o Amor a vida não pára, muito embora pareça que sim. Devemos comer, trabalhar, dormir bem e continuar com nossas queridas amizades.
Devemos continuar gentis com nossos amores, quem quer que sejam, aprendendo a dividir de verdade.
Dividir a pessoa amada, nos dividirmos entre ele/a e os outros ao nosso redor.
Continuar a viver.
Sorrir mais e sermos gentis com todos.

Fim da parte I.

Cuidem se bem,

Drikka.

Nenhum comentário:

Citações ANUEA

translate here

Onde você está

quantos já nos visitaram...

Siga por e-mail

seja bem vindo!